Com economia centrada no consumidor, SAP aposta forte em experiência do cliente

Com economia centrada no consumidor, SAP aposta forte em experiência do cliente


Publicado por: Déborah OliveiraEditor Publicado em 17 de Maio de 2016 às 16h13

CEO da fabricante alemã reforçou em abertura do maior evento anual da empresa que estratégia é voltada para necessidades do mercado

Com economia centrada no consumidor, SAP aposta forte em experiência do cliente
O cliente determina quando uma empresa perde ou ganha. Foi com essa frase que Bill McDermott, CEO da SAP, iniciou sua apresentação no Sapphire Now, maior evento anual da fabricante alemã realizado nesta semana, em Orlando (EUA). Lembrando que o mundo hoje é centrado no consumidor, o executivo afirmou que a era B2B2C definitivamente acabou. “Tudo começa com o usuário final e a experiência que ele tem com uma companhia. Por isso, temos de entender os clientes de nossos clientes e tornar produtos tão fundamentais, que passam a ser indispensáveis”, sentenciou. 

Falando para mais de 30 mil participantes do encontro, McDermott relatou que o foco nos clientes tem sido tão grande que a SAP tem-se empenhado para estar mais próxima deles e ainda colher importantes feedbacks para melhorias de produtos e serviços. 

Em processo recente, exemplificou, o próprio executivo esteve com 30 importantes CIOs de todo o mundo para ouvi-los. Segundo ele, os retornos foram positivos para o foco em cloud e a possibilidade real de fazer mais pelos negócios por meio da TI. “Eles apontaram que queriam mais integração e um roadmap claro. Foi isso que fizemos”, disse, promovendo pistas sobre o que viria a seguir.


McDermott citou a simplicidade como resposta, mensagem que vem sendo reforçada há alguns anos pela fabricante. Reconheceu, no entanto, que a simplicidade não é algo fácil, porque a própria companhia resolve problemas complexos por meio de suas soluções. “Estamos começando uma nova revolução para servir vocês”, disse aos presentes.

Revolução essa que ganhou impulso com o lançamento em 2015 do SAP S/4Hana, que chegou com a promessa de redefinir como o software cria valor em uma economia digital e conectada. “O S/4Hana é o coração do digital e na ponta estão todas as outras tecnologias e conceitos, como costumer experience, big data e IoT”, explicou.

A inovação, prosseguiu, não para aí. No futuro, McDermott acredita que aprendizado de máquina, realidade artificial e inteligência artificial vão mudar a forma de trabalho das pessoas e serão considerados nos novos desenvolvimentos da empresa.

Para provar a constante evolução, o CEO juntou-se a outros líderes de diferentes áreas da SAP no palco do Sapphire. Todos foram unânimes quando o assunto foi inovação com base na real necessidade dos clientes. Outro ponto levantado pelos executivos foi a inclusão de inteligência nas tecnologias da empresa. Além disso, a transformação digital foi citada como prioritária.

S/4 Hana na prática
Contrariando o ditado de que em casa de ferreiro, o espeto é de pau, McDermott afirmou que a própria SAP tem feito uso massivo do S/4 Hana para controlar os negócios. “Fazemos simulações e previsão no sistema em tempo real”, afirmou, completando que o trabalho ficou mais preciso e ganhou agilidade.

O desejo da fabricante é levar esses benefícios para mais empresas, além das 3,2 mil que já usam a solução atualmente. Com isso em mente, o executivo anunciou o S/4Hana Value Assurance para ajudar companhias em suas jornadas de instalação da tecnologia, que não se limita apenas à sua implementação. McDermott explicou que se trata de um pacote completo rumo à transformação digital.

“O pacote cobre todas as fases de um projeto, do planejamento feito por um talento qualificado, passando pela implementação técnica, migração, até inovação e otimização.” O CEO assinalou que, nessa jornada, a companhia vai falar, além do CIO, com as áreas de negócios, que, cada vez mais, compram tecnologias.

Para agregar valor ao Value Assurance, a empresa anunciou como parceiros grandes empresas do mercado. São elas: Accenture, Capgemni, Deloitte, EY, IBM, PwC e Wipro. “Essa movimentação é parte da nossa obsessão com clientes. Estamos à frente, ajudando-os a serem ainda mais competitivos”, encerrou.

*A jornalista viajou a Orlando (EUA) a convite da SAP


Seja Um consultor SAP
 
Clique aqui e Sabia mais!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hospital Albert Einstein usa tecnologia SAP para aprimorar processo de avaliação de competências

O que é SAP S/4HANA? 13 perguntas respondidas

Learning Hub - SAP | Acesse 12 meses a milhares de conteúdos SAP entre Academias e cursos até as mais recentes, como S/4 Hana e Fiori